Magalí Sare és una enamorada de Portugal. A Sempre vens assim, que canta amb Salvador Sobral, ha musicat un collage de diversos fragments de les quadras (breus poemes de quatre versos) de Fernando Pessoa per fer un homenatge a les festes majors. Aquesta celebració musical inclou un interludi creat a partir de la melodia de glosa que es canta a Manacor durant les festes de Sant Antoni, festivitat que, casualment, la ciutat mallorquina comparteix amb Lisboa.


Tenho um segredo que levo comigo
que me faz sempre cismar:
não sei se quero estar contigo
ou se quero contigo estar.
Ribeirinho, ribeirinho que
falas tão devagar
ensina-me o teu caminho
de passar sem desejar.
Vai alta, alta, alta a nuvem que passa
vai alto, alto, alto o meu pensamento
que é escravo da tua graça
como a nuvem o é do vento.

Vem cá dizer-me que sim
ou vem dizer-me que não
porque sempre vens assim
p’ra ao pé do meu coração!
Vem cá dizer-me que sim
ou vem dizer-me que não
sempre estás perto de mim
na minha imaginação!

Tenho uma pena que escreve
aquilo que eu sempre sinta.
Se é mentira, escreve leve,
se é verdade, não tem tinta
Ribeirinho, ribeirinho
que vais a correr ao léu
tu vais a correr sozinho
ribeirinho, como eu.
Vai alta, alta, alta a nuvem que passa
e passa, passa, passa uma sombra também.
Ninguém diz que é desgraça
não ter o que se não tem

Vem cá dizer-me que sim
ou vem dizer-me que não
porque sempre vens assim
p’ra ao pé do meu coração!
Vem cá dizer-me que sim
ou vem dizer-me que não
sempre estás perto de mim
na minha imaginação!

Todos lá vão para a festa
com um brilhante azul de céu
Todos lá vão, ninguém resta

Ah, sim… resto eu!
Não, não, vem para a festa também!
Vem tu também!
Já não sei se estou sonhando
nem de que serve sonhar.

Mas antes de acabar estes versos
feitos em modo maior
cumpre prestar homenagem
à bebedeira do autor!

Vem cá dizer-me que sim
ou vem dizer-me que não
porque sempre vens assim
p’ra ao pé do meu coração!
Vem cá dizer-me que sim
ou vem dizer-me que não
sempre estás perto de mim
na minha imaginação!

Magalí Sare i Salvador Sobral a la gravació del videoclip Foto: Facebook Magalí Sare
Magalí Sare i Salvador Sobral a la gravació del videoclip Foto: Facebook Magalí Sare

Comentaris

  1. Icona del comentari de: Eulàlia Hosta a març 13, 2022 | 01:27
    Eulàlia Hosta març 13, 2022 | 01:27
    M'encantat! Gràcies! 😄

Nou comentari

El piano

Comparteix

Last Dance

It's my last chance/ For romance tonight
Comparteix

Chiquitita

Si es que tan triste estás/ para qué quieres callarlo
Comparteix

La Gymnopédie de Satie

Escoltem una de les peces més conegudes del compositor francès
Comparteix

Tantes coses a fer

La vida és el que et passa/ mentre fas plans per tenir-ho tot lligat

Passadís

Equipo Crónica. Sense títol, 1972. Aquarel·la i guaix sobre teixit, 54 x 39 cm.
Comparteix

Tots van ser Picasso

Els Espais Volart exposen la col·lecció de 400 tapets decorats per artistes i escriptors en solidaritat amb el pintor
Comparteix

La Venus de Botticelli

14 obres d'un dels artistes més reconeguts del primer Renaixement
Comparteix

La soledat segons Hopper

14 obres de l'artista més representatiu de la pintura estatudinenca del segle XX
Comparteix

Soc infermer i només tinc dues mans

14 il·lustracions sobre la rutina del personal sanitari

Comparteix